Nota oficial à imprensa sobre a campanha de João Miguel

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição e a Rádio Queluz FM vêm manifestar publicamente seu total e irrestrito apoio às pessoas de bem, generosas e verdadeiramente altruístas, que procuram ajudar a quem precisa, sobretudo quando se trata de crianças, ou desvalidas pela sorte ou marcadas em sua tenra idade pelos problemas congênitos de saúde.
A sublime tarefa de fazer o bem e praticar a caridade não podem se submeter aos mecanismos mercantilistas e matemáticos de um mundo cada vez mais marcado pelo individualismo e pelo egoísmo.
Mesmo diante das frustrações, decepções e transtorno emocionais que afetam até mesmo as pessoas que ajudamos, reafirmamos nosso compromisso em nos manter em atitude de ajuda e colaboração, ainda que nossos recursos não sejam tão substanciosos.
Outrossim, é preciso melhorar nosso modo de ajudar e colaborar com todas as necessidades de pessoas ou carentes ou desvalidas, seja através de campanhas mais abrangentes ou doações, melhorando nossa administração caritativa, procurando nos resguardar de eventuais e graves dolos que possam decorrer de atitudes abusivas ou desequilibradas, até mesmo das pessoas para as quais direcionamos nossa colaboração.
O que fizemos em prol da Campanha de João Miguel, podemos e devemos fazer em favor de TODA E QUALQUER PESSOA, aperfeiçoando nossa participação e procurando os meios jurídicos e judiciais de nos precaver de quaisquer problemas ou atitudes suspeitas de quem quer que seja.
Deus nos dê a graça de continuar abrindo nosso coração, sempre, para ajudar quem precisa. Precisamos de amar os irmãos, como nos ensina o Evangelho deste 16º Domingo Tempo Comum, com as mãos de Marta e o coração de Maria.

Nosso reconhecimento público e fraterno ao trabalho e ao esforço de toda a equipe capitaneada por esta jovem despretensiosa e pessoa admirável, DE CORAÇÃO SENSÍVEL E PESSOA ABNEGADA, Fabiana de Paula, que empregou seu tempo e, em muitas ocasiões, seus próprios recursos, nestes tempos tão difíceis para todos nós, na organização e na expansão da campanha tão amplamente divulgada, atingindo cidades de toda a nossa região.
Apesar de um amargo sentimento de frustração que atinge a todos nós, reafirmamos nosso propósito de jamais nos desanimar diante do sofrimento e das necessidades dos outros, NÃO NOS DEIXANDO ESCRAVIZAR PELO APEGO AOS BENS MATERIAIS, fazendo tudo e tão somente aquilo que estiver ao nosso alcance.

Pe. José Maria Coelho da Silva, Pároco da Matriz e Diretor da Rádio Queluz FM.

Confira também
Pai do garotinho João Miguel é preso na Bahia usando dinheiro da campanha